O Planejamento Participativo e a importância da Educação Física na formação dos alunos: uma proposta pedagógica

Nome: Aron de Oliveira Pereira VileteTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 18/12/2020Orientador:

Nome Papelordem decrescente
Ueberson Ribeiro Almeida Orientador

Banca:

Nome Papelordem decrescente
José Francisco Chicon Examinador Externo
Luiz Alexandre Oxley da Rocha Examinador Interno
Erineusa Maria da Silva Examinador Interno
Ueberson Ribeiro Almeida Orientador

Resumo: Este estudo é uma pesquisa-intervenção que desenvolve um processo de Planejamento Participativo como proposta pedagógica. Esta visa aumentar a participação dos estudantes nas aulas de Educação Física na E.M.E.F. ―Irmã Cleusa Carolina Rody Coelho‖, no município da Serra/ES, com três turmas de 9o ano do Ensino Fundamental. Os objetivos específicos foram: a) identificar os interesses dos estudantes nas aulas de Educação Física, bem como as práticas corporais que eles gostam e buscam realizar no seu tempo livre; b) compreender e interferir nos processos que dificultam a participação dos estudantes nas aulas de Educação Física; c) implementar/desenvolver o Planejamento Participativo das aulas com os estudantes do 9o ano; d) avaliar os efeitos do Planejamento Participativo na participação dos estudantes nas aulas de Educação Física. A proposta foi organizada em quatro elementos: diagnóstico, construção do plano de ensino, realização das aulas e avaliação. Os dados foram produzidos a partir de atividades realizadas pelos estudantes durante as aulas. Como instrumentos de produção de dados, utilizamos: um questionário aplicado no início do ano para a estruturação do diagnóstico e outro aplicado ao final do ano; a elaboração de textos pelos estudantes ao final dos trimestres; fotos produzidas durante a realização das aulas de Educação Física e observações feitas pelo professor/pesquisador, registradas no diário de campo (caderno de anotações do professor). A partir da experiência e dos dados produzidos, entendemos que a proposta oportunizou aos estudantes momentos importantes de reflexão acerca da Educação Física como componente curricular, ressignificando a relação deles/delas com os conteúdos propostos nas aulas, bem como com as maneiras com as quais esses conteúdos são tratados nas aulas. O planejamento Participativo favoreceu, de modo geral, o aumento da participação. Com os limites e possibilidades produzidos durante o processo, é possível dizer que o Planejamento Participativo se constituiu como uma importante estratégia pedagógica na Educação Física Escolar, de modo a fomentar o envolvimento crítico dos estudantes no processo de ensino-aprendizagem via perspectiva dialógica e democrática.

Palavras-chave: Educação Física escolar. Planejamento Participativo. Prática pedagógica. Interesse. Participação.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910