Efeitos agudos e subagudos do treinamento resistido associado a restrição do fluxo sanguíneo na espessura muscular e citocinas

Resumo: Embora ambos, treinamento resistido tradicional com altas cargas e treinamento de força com baixas cargas e oclusão vascular, apresentem efeitos semelhantes para promover hipertrofia muscular, porém enfatizando diferentes vias de sinalização de síntese proteica, poucos estudos compararam as respostas agudas e subagudas entre os métodos no que se refere ao inchaço muscular e à produção de citocinas relacionadas com inflamação. Em uma das condições experimentais, a sessão de treino será realizada com baixa intensidade (20% 1RM) e restrição de fluxo sanguineo. Já na outra condição experimental, o mesmo treino será executado com alta intensidade (80% 1RM) e sem restrição de fluxo sanguineo. As sessões de treino os exercícios leg press, rosca direta e tríceps polia serão executadas em ordem randomizada, com intervalo de uma semana entre elas. Espessura muscular de reto femoral, vasto lateral, bíceps braquial e tríceps braquial, bem com a dosagem sérica de citocinas serão analisados logo após, 24 e 48 após as sessões de treino.

Data de início: 2018-07-01
Prazo (meses): 1

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Danilo Sales Bocalini
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910