O BRINCAR DA CRIANÇA COM AUTISMO NA BRINQUEDOTECA: INCLUSÃO, MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA E LINGUAGEM

Resumo: O estudo tem por objetivo compreender o brincar da criança com autismo em contexto de aprendizagem inclusivo e suas implicações para o aprendizado e desenvolvimento infantil. Adotaremos como caminho teórico-metodológico, a pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, tomando como referência a matriz histórico-cultural. Os sujeitos do estudo serão constituídos por 20 crianças, sendo quinze não deficientes, de ambos os sexos, com idade de quatro anos, do Centro de Educação Infantil Criarte-Ufes e cinco crianças com diagnóstico de autismo, de ambos os sexos, com idades entre 3 e 5 anos, oriundas da comunidade do município de Vitória/ES, matriculadas no projeto de extensão “Brinquedoteca: aprender brincando” (Laefa/Cefd/Ufes). O processo de intervenção irá ocorrer todas as quintas-feiras, das 14 às 15 horas, na brinquedoteca organizada no Laefa/Cefd/Ufes, no período de março a dezembro de 2016. Para o atendimento, contaremos com a participação de dez acadêmicos do Curso de Educação Física, que atuarão como professores/brinquedistas estimulando a brincadeira das crianças. Além disso, das 15 às 16 horas teremos grupo de estudo e das 16 às 17 horas avaliação e planejamento das aulas. Os dados serão coletados por meio de diário de campo, videogravação das aulas, entrevista semiestruturada com os pais e/ou responsáveis e observação participante. Como resultado do estudo espera-se compreender como ocorre o brincar da criança com autismo em contexto inclusivo e suas implicações para o aprendizado e desenvolvimento infantil, bem como, essas crianças expressam o seu se-movimentar nas práticas corporais lúdicas na brinquedoteca. Também é relevante compreender como a ação mediadora do professor/brinquedista pode favorecer a interação da criança com e sem autismo no mesmo espaço-tempo de aprendizado e de como propiciar um ambiente lúdico que acolha e trabalhe com os diferentes recursos de comunicação não verbal, frequentemente observados na relação com essas crianças.

Data de início: 2016-03-14
Prazo (meses): 84

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador José Francisco Chicon
Pesquisador Maria das Graças Carvalho Silva de Sá
Pesquisador Monica Frigini Siqueira
Vice-Coordenador Ivone Martins de Oliveira
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910