Efeitos da ingestão aguda do antioxidante N-acetil-cisteína (NAC) sobre o desempenho esportivo

Resumo: Os suplementos nutricionais vêm sendo utilizados em larga escala nos últimos anos tanto para melhoria do desempenho esportivo quanto para estética e saúde da população. A atividade contrátil muscular, especialmente durante atividades exaustivas de alta intensidade, leva, ao aumento da produção de espécies reativas de oxigênio (EROs). Observações anteriores indicaram a possível relação entre a produção de EROs e a fadiga durante contrações musculares intensas, ao demonstrar que antioxidantes exógenos promoveram atenuação da fadiga e aumento da força muscular. Estudos em humanos demonstraram que a ingestão de NAC por 5 a 10 dias resultou em melhoria do desempenho esportivo e função contrátil. Em contrapartida, estudo com modelo animal relatou efeitos similares após a administração de uma única dose. Assim, o objetivo do presente projeto é avaliar os efeitos da ingestão aguda de NAC (15 mg.kg-1 de peso corporal) sobre o desempenho atlético em diferentes modalidades esportivas.

Data de início: 2015-06-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Lucas Guimarães Ferreira
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910