EFEITOS DOS EXERGAMES DE DANÇA SOBRE A APTIDÃO FUNCIONAL E CONDIÇÕES DE SAÚDE DE MULHERES IDOSAS

Resumo: O envelhecimento populacional e suas diversas consequências para vida da pessoa idosa tem sido um fenômeno muito estudado ao longo dos últimos anos. Os exergames envolvem jogos que exijam esforço físico, ou movimentos que são mais do que atividades sedentárias, e incluem atividades de força, equilíbrio e flexibilidade. O objetivo desse estudo é investigar se programas de treinamentos com exergames de dança no X-box 360 poderia provocar reduções clinicamente relevantes na aptidão funcional, bem como variáveis associadas com as condições de saúde de mulheres idosas participantes de um programa de atividade física para idosos. Estudo 1: Revisar sistematicamente as intervenções de exergames de dança e saúde geral de idosos. Estudo 2: Identificar as variáveis sociodemográficas (sexo, faixa etária, estado civil, escolaridade, arranjo familiar, ocupação, fonte de renda e classificação econômica); Investigar variáveis de saúde/doença (percepção de saúde, doenças referidas, quantidade de medicamentos consumidos, hospitalização, ocorrências de quedas, sono, qualidade de vida, capacidade funcional), aspectos comportamentais (atividade física, comportamento sedentário, tabagismo, uso de drogas, uso de bebidas alcoólicas, comportamentos preventivos); variáveis psicocognitivas (déficit cognitivo, sintomatologia depressiva, ansiedade, perfil do estado de humor, religiosidade, motivação); as variáveis morfológicas (aptidão física: flexibilidade, força, aptidão cardiorrespiratória, equilíbrio, agilidade) de idosas praticantes e não praticantes de dança com exergames; Estudo 3: Avaliar os níveis de aptidão funcional e saúde antes e após o término do exercício de dança com exergames e exercício de dança convencional; analisar a influência da intensidade e duração do exercício sobre variáveis psicognitivas; Avaliar a percepção subjetiva de esforço das participantes durante a prática do exergames e do exercício tradicional; Avaliar o divertimento após a sessão do exergames e do exercício convencional. Para tanto, será realizado um estudo experimental, com pessoas com 60 anos ou mais de idade. Todos os participantes terão que completar duas condições em um desenho de estudo cruzado randomizado, um controle (condição 1) com intervenção de treinamento de dança convencional e uma intervenção de treinamento de exergames de dança (condição 2). As intervenções terão duração de 12 semanas e um período de washout de 4 semanas será dado entre as condições durante as quais nenhum treinamento será designado. Os dados serão coletados por meio de questionários e testes de desempenho físico por acadêmicos e profissionais da área da saúde devidamente treinados. Na coleta de dados será realizada aplicação dos questionários e a avaliação de testes de desempenho físico. As análises dos dados serão feitas por meio do pacote estatístico SPSS 24 (Statistical Package for the Social Sciences). Será adotado o nível de significância p < 0,05.

Data de início: 2019-03-01
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Rodrigo Luiz Vancini
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910