Os conteúdos de ensino da Educação Física: produções acadêmicas e representações de alunos finalistas do Ensino Fundamental

Nome: Bruna Almeida Ribeiro
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 29/03/2021
Orientador:

Nome Papelordem decrescente
André da Silva Mello Orientador

Banca:

Nome Papelordem decrescente
Rodrigo Lema del Rio Martins Examinador Externo
Amarílio Ferreira Neto Examinador Interno
André da Silva Mello Orientador

Resumo: Esta pesquisa tem como objeto de estudo os conteúdos de ensino da Educação Física escolar. Os objetivos da dissertação são: a) Produzir uma revisão sistemática sobre os conteúdos de ensino da EF no Ensino Fundamental, no período de 2009 a 2019, a fim de estabelecer um Estado do Conhecimento sobre a temática, identificando avanços e lacunas na produção acadêmico-científica; b) Analisar, por meio dos discursos de alunos finalistas do Ensino Fundamental, suas representações sobre os conteúdos de ensino vivenciados nessa etapa da Educação Básica; c) Discutir, com base na produção mapeada e nos discursos produzidos, o trato pedagógico dos conteúdos de ensino nas aulas de Educação Física. Para isso, combina duas metodologias: a Revisão Sistemática, de caráter exploratório, com a Pesquisa Descritivo-Interpretativa. Para a produção de dados, a primeira metodologia utiliza como fonte quatro bases internacionais: Literatura Latino-Americana para Ciências da Saúde (LILACS); Scientific Eletronic Library Online (SciELO); SCOPUS; e Portal de Periódicos da Capes. Na pesquisa Descritivo-Interpretativa, os dados são provenientes de entrevistas realizadas com 31 alunos, do 9º ano do Ensino Fundamental, de escolas localizadas no município de Guarapari/ES. Os dados foram interpretados por meio da Análise de Conteúdo, em diálogo com os Estudos com o Cotidiano, de Michel de Certeau, e com a teoria da Relação com o Saber, de Bernard Charlot. Os resultados demonstraram que o esporte continua sendo o conteúdo hegemônico, tanto nas produções acadêmicas quanto nas aulas de EF. Entretanto, ao adentrar a especificidade dos artigos e das entrevistas, constatou-se que diferentes abordagens incidem sobre essa manifestação da cultura de movimento, explicitando o seu caráter polissêmico. Diferentes conteúdos também emergem com essa investigação, revelando alternativas para a mediação da EF no contexto escolar. A Revisão Sistemática evidencia os autores que mais publicaram sobre o tema conteúdos de ensino e os métodos/instrumentos utilizados. Dos 141 artigos encontrados, 46 têm como sujeitos da pesquisa os alunos, que foram agrupados em três categorias de análise: representações discentes, gênero e conteúdos específicos. Apesar de auscultarem os estudantes, poucas pesquisas buscaram compreender os sentidos e as expectativas desses sujeitos em relação aos conteúdos de ensino da EF. A maioria dos textos focalizou a opinião dos estudantes sobre as estratégias pedagógicas adotadas pelos docentes, explicitando, dessa forma, o lugar periférico que os alunos ocupam nessas pesquisas. Já as entrevistas, que focalizam as representações dos alunos sobre a EF e os seus conteúdos de ensino, sobressaem as seguintes temáticas: separação das aulas por gênero; postura (descaso/comprometimento) do professor com as suas práticas pedagógicas; saúde como justificativa da EF na escola; regras e fundamentos esportivos como aprendizagens apropriadas nas aulas de EF; o lazer como dimensão da vida em que as apropriações da EF se manifestam; e a dimensão atitudinal do conteúdo.

Palavras-chave: Conteúdos de ensino. Educação Física escolar. Produções acadêmico-científicas. Representações discentes.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910