Investigação do nível de conhecimento sobre as temáticas do movimento olímpico no âmbito de competição escolar no Espírito Santo

Nome: Guilherme Gomes Passabão Trés
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/03/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Otávio Guimarães Tavares da Silva Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Liana Abrão Romera Examinador Interno
Otávio Guimarães Tavares da Silva Orientador
Ubirajara de Oliveira Examinador Externo

Resumo: Recentemente, o Brasil sediou os maiores eventos esportivos do mundo, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Marco histórico do esporte mundial, pela primeira vez os Jogos foram realizados em um país da América do Sul. Tal feito proporcionou uma visibilidade sobre a temática olímpica jamais atingida no Brasil anteriormente. Apesar de estudos anteriores feitos na Europa demonstrarem que o envolvimento de jovens com o esporte competitivo e com competições esportivas que emulam a competição olímpica possui efeitos sobre suas atitudes em relação ao esporte, pouco se conhece sobre os efeitos deste ciclo olímpico para o conhecimento e atitudes de jovens estudantes em contato com a competição esportiva escolar a respeito do Movimento Olímpico (MO). A partir destes pressupostos, este estudo buscou investigar os níveis de conhecimento sobre o MO e seus valores entre alunos-atletas participantes dos Jogos Escolares do Espírito Santo (Jees). O lócus da pesquisa foi a etapa final dos Jees, realizado na cidade de Guarapari - ES, que reuniu as escolas vencedoras das regionais espalhadas por todo estado. Utilizamos um questionário semiestruturado respondido por dois atletas de todas as equipes escolares participantes, totalizando 170 questionários. Após analisar as respostas dos alunos-atletas elencamos as seguintes categorias: (a) O nível de contato dos sujeitos com o MO, (b) dimensão conceitual do MO, (c) dimensão simbólica do MO, (d) dimensão histórica do MO e (e) dimensão sobre atitudes e valores no esporte. Constatamos que os alunos-atletas se envolveram com os Jogos Olímpicos de duas formas: pelas mídias televisas e pelas redes sociais, e o contato através da escola, juntamente com as disciplinas e/ou projetos interdisciplinares que debateram esse assunto dentro da escola. Isto demonstra o caráter complementar e não exclusivo das fontes de informação e conhecimento. Notamos que o perfil dos alunos-atletas participantes dos Jees se estabelece por conhecer de forma mais abrangente e genérica as simbologias, rituais e valores olímpicos. Por outro lado, no que se refere à dimensão histórica (fatos e datas), os sujeitos do estudo demonstraram baixo conhecimento, o que entendemos estar associado ao pouco valor utilitário deste tipo de informações para eles. Os atletas olímpicos podem ter um papel importante na formação de valores em jovens. Sendo assim, concluímos pela existência de uma atitude positiva em relação à competição esportiva, demonstrada pela concordância aos valores declarados do esporte. Consideramos como algo positivo a experiência de participação dos alunos-atletas em competições escolares que emulam a simbologia dos Jogos Olímpicos, o que indica o potencial educativo do esporte, ainda que seja de competição, mesmo na dimensão valorativa.

Palavras-chave: Esporte, Movimento Olímpico, Jogos Olímpicos.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910