O PIBID E A FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

Nome: Rodrigo Lema del Rio Martins
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/11/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
André da Silva Mello Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
André da Silva Mello Orientador
José Alfredo Oliveira Debortoli Examinador Externo
Silvana Ventorim Examinador Externo
Wagner dos Santos Examinador Interno

Resumo: O objetivo geral desta dissertação é analisar as ações desenvolvidas pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência em Educação Física da Universidade Federal do Espírito Santo (Pibid/EF) na formação de professores voltada para a atuação na Educação Infantil. Os objetivos específicos são: a) produzir um estado do conhecimento, por meio da análise em periódicos da Educação Física, sobre a formação de professores para a Educação Infantil e sobre o Pibid nos anais do Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (Conbrace); b) discutir os processos formativos empreendidos pelo Pibid/EF, em diálogo com os seus pressupostos norteadores; c) analisar as práticas pedagógicas de bolsistas de iniciação à docência e do professor-supervisor do Pibid/EF em um Centro Municipal de Educação Infantil de Vitória/ES, considerando a concepção de infância e de criança que orienta o programa. O estudo está organizado de maneira em que cada objetivo específico corresponde a um capítulo/artigo com metodologia própria. O capítulo sobre o estado do conhecimento utiliza a pesquisa exploratória, realizada por meio de indicadores bibliométricos (FERREIRA, 2002), que foram produzidos após a análise de seis revistas científicas da área e de dois anais do Conbrace (2011-2013). O capítulo que discute a formação empreendida pelo Pibid adota a Pesquisa-Ação Colaborativa (IBIAPINA, 2008) e utiliza, na produção dos dados, a observação participante, registrada em diário de campo, além das narrativas textuais e orais construídas com os bolsistas. O artigo que analisa as práticas pedagógicas mobiliza a Metodologia Participativa com crianças (FERREIRA; SARMENTO, 2008), recorrendo à enunciação das crianças, caracterizada pela fala em ato, aos registros fotográficos das práticas pedagógicas e aos desenhos produzidos pelos infantis. O processo de análise triangula os dados provenientes de diferentes fontes em interação com os pressupostos teóricos que fundamentam a dissertação. O retrato panorâmico sobre como o debate acadêmico tem se constituído em torno do Pibid e da formação de professores de Educação Física voltada para a Educação Infantil apresenta como lacuna a articulação dessas duas temáticas. Os dados analisados apontam para um processo formativo convergente com os pressupostos que orientam o programa, em que as práticas pedagógicas e a pesquisa, instituídas na relação colaborativa entre a universidade e a Educação Básica, contribuíram para a materialização de uma concepção de infância que considera as crianças como produtoras de cultura e protagonistas nos processos de ensino-aprendizagem desenvolvidos com a Educação Física. Para além das ações empreendidas pelo Pibid, constata que o êxito da formação almejado pelo programa está condicionado ao processo de autoformação, em que a implicação dos sujeitos envolvidos e a noção de pertencimento constituem premissas fundamentais.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910