Educação Física e gestão escolar: orientações legais, produções acadêmicas, formação docente e representações sociais

Nome: Fernando Torres Otero de Souza
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/12/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
André da Silva Mello Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
André da Silva Mello Orientador
Rodrigo Lema del Rio Martins Examinador Externo
Wagner dos Santos Examinador Interno

Resumo: Essa dissertação tem como objetivo principal analisar as relações entre Educação Física e a Gestão Escolar, com foco nas orientações legais, formação inicial, produção acadêmico-científica e representações sociais dos professores-diretores, de forma secundária os capítulo foram orientados por objetivos específicos próprios sendo eles: a) Compreender o espaço ocupado pela gestão escolar nas orientações legais, abrangendo as diretrizes nacionais para formação de professores e a legislação do município de Vitória/ES que dispõe sobre o tema; b) Discutir a presença da temática da gestão escolar na produção acadêmico-científica do campo da Educação Física e nos currículos de formação inicial de cursos desse campo localizados na Região da Grande Vitória; c) Analisar as representações sociais de professores-diretores sobre a gestão escolar, sobretudo, no que tange a formação inicial e os saberes necessários para o exercício dessa função. Para tanto, combinamos as pesquisas documental e bibliográfica com a pesquisa descritivo-interpretativa. No que tange a pesquisa documental e bibliográfica, utiliza como fontes a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/96); as Resoluções nº 1/2002, nº 7/2004, nº 2/2015 e nº 06/2018 do Conselho Nacional de Educação (CNE); as legislações municipais Lei Orgânica do Município de Vitória/ES Lei 4747/98, Lei 6794/06, portaria SEME 019/17, projeto do curso de formação continuada em gestão (SEME); os perfis dos egressos dos cursos de formação de professores de Educação Física da Grande Vitória/ES; as ementas das disciplinas que tratam da temática gestão escolar, oito periódicos científicos da área, os anais do Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte (CONBRACE) e os bancos de teses e dissertações dos cursos de pós-graduação strictu sensu em Educação Física. Em relação à pesquisa descritivo-interpretativa, utiliza como fonte entrevistas semiestruturadas com oito diretores e ex-diretores de CMEI de Vitória/ES, a fim de identificar as representações sociais desses sujeitos sobre a gestão escolar. Foi possível constatar que os documentos orientadores oficiais apontam a gestão escolar como parte do que deve ser contemplado nos currículos de formação docente dos cursos de licenciatura em EF; a maior parte dos perfis de egressos analisados das IES da Grande Vitória não contempla a gestão escolar; as IES pesquisadas parecem não manter uma correlação estreita entre seus perfis de egresso e matriz de disciplinas; constatamos uma baixa produção academia na área da educação física em relação à temática gestão escolar nos veículos de publicação cientifica analisados. A pesquisa descritivo-interpretativa foi realizada por meio da produção de entrevistas semiestruturadas com oito diretores de CMEI da cidade de Vitória/ES. A partir da analise dos discursos das fontes foi possível observar que existe uma relação entre a atuação como professores de EF e seu ingresso na função de diretor, devido à popularidade que gozam frente aos alunos e seus responsáveis, bem como, a oportunidade que esse espaço os permite apresentar um trabalho consistente. Os entrevistados não estabelecem relações diretas entre os conteúdos abordados em sua formação inicial e a função de diretor de escola, deixando essa correlação circunscrita a aspectos, tais como: a base pedagógica recebida nos cursos iniciais e a formação política vivida no interior das universidades. As entrevistas revelaram também que as fontes têm uma definição clara de gestão escolar pautada em referenciais teóricos, mas que são capazes de apontarem aspectos dessa temática indicando que compreendem de forma geral suas funções frente a gestão de suas unidades escolares, com isso, notamos que parte importante dos conhecimentos que os professores-diretores formados em EF utilizam são construídos em sua prática diária.

Palavras-chave: Gestão escolar. Educação Física. Formação docente.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910