Práticas corporais de aventura na infância

Código: PGEF-240
Curso: Mestrado em Educação Física
Créditos: 4
Carga horária: 60
Ementa: Fundamentos teóricos e metodológicos para a produção de biografias de
movimentos afeitas às práticas corporais de aventura na educação infantil. A gestão
dos riscos na educação física frente ao protagonismo infantil. Abordagens qualitativas
de pesquisa e modelos de integração biossocial nos estudos pedagógicos e
socioculturais sobre aventura na educação física.
Bibliografia: BARBOSA, R. F. M.; PEREIRA, B.; MELLO, A. S. A função pedagógica do brincar na Educação Infantil: um olhar para as brincadeiras lúdico-agressivas. Revista E-Psi, v. Especial, p. 4-22, 2018.

BENTO, M. G. P. Arriscar ao brincar: análise das percepções de risco em relação ao brincar num grupo de educadoras de infância. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 22, n. 69, p. 385-403, 2017.

CORREA, L. V. O. M.; BADARO, L. F.; SOUZA, J.; PIMENTEL, G. G. A. Práticas corporais de aventura e biografias de movimento na educação física escolar. Humanidades & inovação, Palmas, v. 8, p. 1-20, 2020.

FERREIRA, J. K. S; DA COSTA SILVA, P. C. Práticas corporais de aventura na natureza na educação infantil: um relato de experiência. Caderno de educação física e esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 18, p. 157-164, 2020.

PAULA, G. S.; GODOY, A. W. de; PIMENTEL, G. G. de A.; CALEGARI, D. R. Revisão Sistemática das estratégias metodológicas utilizadas para adaptação da prática de esportes de aventura e da natureza para pessoas com deficiência. Licere, Belo Horizonte, v. 23, n. 4, p. 72–86, 2020.

SANDSETER, E. B. H.; SANDO, O. J. "We Don't Allow Children to Climb Trees": How a Focus on Safety Affects Norwegian Children's Play in Early-Childhood Education and Care Settings. American Journal of Play. v. 8, n. 2, p. 178–200, 2016.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910