Grupos e núcleos de pesquisa

Grupos:

NUPEM – Núcleo de Pesquisa e Extensão em Ciências do Movimento

O NUPEM é constituído por três laboratórios de pesquisa em sua estrutura organizacional e física, assim denominados: Laboratório de Fisiologia do Exercício (LAFEX), Laboratório de Biomecânica do Movimento e da Respiração (BIMOR) e Laboratório de Fisiologia e Bioquímica Experimental (LAFIBE).

1. Laboratório de Fisiologia do Exercício (LAFEX)

EMENTA: O grupo de pesquisa do Laboratório de Fisiologia do Exercício vem colaborando com a formação acadêmica de graduação e pós-graduação, bem como com a divulgação de conhecimento científico na área de fisiologia do exercício, com ênfase no sistema cardiovascular e metabólico, em revistas científicas nacionais e internacionais. Atualmente o grupo tem atuado no estudo do desempenho e condições de saúde biológica de corredores capixabas
Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/8091583268493039

2. Laboratório de Biomecânica do Movimento e da Respiração (BIMOR)

EMENTA: O Laboratório de Biomecânica do Movimento e da Respiração (BIMOR) iniciou suas atividades em 2009 com o intuito de difundir a biomecânica no Espírito Santo e inserir a região no cenário da biomecânica nacional. O laboratório já nasce engajado no ensino e na pesquisa em biomecânica, inicialmente em nível de graduação e iniciação científica. Na ocasião, foi formado um grupo de estudos para aprofundar as discussões em biomecânica no Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da UFES, o qual mantém suas atividades semanais até os dias atuais. Em 2010 o laboratório recebe seu primeiro aluno de mestrado, pelo programa de pós-graduação em Educação Física do CEFD/UFES. Em 2011 é inaugurado o novo espaço físico do laboratório, contando com as instalações necessárias para o desenvolvimento de pesquisa em análise cinemática de movimentos e eletromiografia.

3. Laboratório de Fisiologia e Bioquímica Experimental (LAFIBE).

EMENTA: O Laboratório de Fisiologia e Bioquímica Experimental (LAFIBE) iniciou suas atividades em 2011 e está vinculado à linha de pesquisa “Fisiologia, Bioquímica e Exercício em Modelos Experimentais” do Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Apresenta como proposta investigar os aspectos funcionais e os mecanismos moleculares envolvidos nos agravos promovidos pelo sedentarismo e diferentes estilos de vida. Seus estudos visam o entendimento dos mecanismos relacionados à etiologia e fisiopatologia das doenças, bem como, o estabelecimento de estratégias de prevenção a partir do exercício físico.
Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9827519969689963

Cespceo – Centro de Estudos em Sociologia das Práticas Corporais e Estudos Olímpicos

O Centro de Estudos em Sociologia das Práticas Corporais e Estudos Olímpicos (CESPCEO)tem por objetivos fundamentais a produção de conhecimento no âmbito das práticas corporais de exercitação, educação, lazer, competição e expressão a partir da utilização de referencial teórico metodológico sócio-antropológico. Do mesmo modo, pretende desenvolver estudos, pesquisas e práticas de intervenção a partir do referencial do Olimpismo (ideologia e meta-teoria de prática esportiva). Estas ações são fundamentadas na noção de que as formas e os valores atribuídos às práticas esportivas, em sentido amplo, foram em grande medida influenciadas pelo movimento olímpico e pelo olimpismo.

1. Centro de Estudos Olímpicos (ARETE)

EMENTA: O ARETE tem por objetivo agenciar estudos e pesquisas na área dos Estudos Olímpicos. Isto significa ter como objeto as manifestações esportivas, as práticas corporais e da educação física em suas relações com o movimento olímpico em suas diversas expressões, valores, símbolos, história e tradições. Entendido como um 'novo campo epistemológico', os Estudos Olímpicos baseiam-se em um referencial teórico de caráter multidisciplinar das ciências humanas e sociais. Adicionalmente, o ARETE dedica-se também ao desenvolvimento de pesquisas no âmbito da sociologia das práticas corporais. Neste contexto, toma como base os referenciais teórico-metodológicos das ciências sociais.
Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9777646709237309

2. ANDALUZ
EMENTA: Núcleo de pesquisa Andaluz tem por objetivo principal conhecer e estudar as diferentes manifestações de vivência do lazer da juventude e as possíveis relações que se estabelecem entre vivência do tempo livre e uso de substâncias licitas e ilícitas na sociedade atual. Com caráter multidisciplinar a produção cientifica do grupo visa, em ultima instância subsidiar políticas públicas de lazer, juventude e ações de prevenção ao uso de drogas.
Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0134066014211746

3. Grupo de Estudos Sociológicos, Políticos e Culturais das Práticas Corporais (INSIÈME)
EMENTA: O grupo nasce de uma história de vinculação dos membros ao Centro de Estudos em Sociologia das Práticas Corporais e Estudos Olímpicos (CESPCEO), tendo uma rede de contatos com importantes grupos de estudos de diferentes insituições, e que desenvolvem investigações afins com os objetos de estudo desenvolvidos pelo neogrupo.
Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7160686235766227

PROTEORIA – Instituto de Pesquisa em Educação e Educação Física

EMENTA: O Instituto de Pesquisa em Educação e Educação Física (PROTEORIA) é formado por um grupo de professores/pesquisadores com formação em Educação Física e com pós-graduação - Stricto Sensu - em Educação Física ou em áreas afins, e por alunos de pós-graduação e graduação (iniciação científica). O grupo foi criado no ano de 1999 (quando teve aprovado, pelo CNPq, o projeto A Constituição de Teorias da Educação Física no Brasil: o debate em periódicos no século XX) e está sediado no Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).
O PROTEORIA busca compreender a Constituição das Teorias da Educação Física no Brasil voltando o olhar para a História e para a contemporaneidade. Desse modo, procura analisar o itinerário de formação de intelectuais (militares e civis), suas representações, suas práticas de apropriação e seus projetos, as reformas educacionais e seus resultados. Nos estudos do cotidiano busca analisar a base teórica que permitiu a Educação Física e os esportes adentrarem na Forma e na Cultura Escolar, assim como os meios produzidos para significar o lugar da Educação Física na escola, na atualidade, e as relações epistêmicas que essa disciplina e seus atores mantêm com os saberes. Além disso, investiga os modos de produção do que é desenvolvido na pós-graduação, em teses e dissertações, e os meios de circulação na comunidade da Educação Física. Esses temas estão expressos nas obras que temos publicado em formato de artigos para periódicos, congressos e livros.
Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2752387638625288

PRÁXIS – Centro de Pesquisa de Formação Inicial e Continuada em Educação Física

EMENTA: Pesquisas concluídas em 2009/2010: "Prática docente no Ensino Superior: co-decisão e formação do professor crítico reflexivo." Tem como objetivo verificar se os estudantes percebem modificações em seus percursos formativos na medida em que são incluídos nos processos decisórios de algumas disciplinas do Curso. Prof. Responsável: Luiz Alexandre Oxley da Rocha. "O ensino-aprendizado da Capoeira" O objetivo é dar continuidade à discussão sobre as possibilidades de ensino-aprendizado da Capoeira na educação física escolar. Profa. Responsável: Paula Cristina da Costa Silva. Pesquisas em andamento em 2010: "Docência na Educação Superior: histórias de vida e de trabalho" Busca investigar o conhecimento pessoal e o conhecimento prático do professor da educação superior, a fim de compreender de que maneira esses conhecimentos significam e influenciam a sua docência. Profa responsável: Zenólia C. Campos Figueiredo "Processos de ensino-aprendizado da Capoeira nas aulas de educação física escolar – diferentes contextos, novas possibilidades" Tem como finalidade analisar os modos de ensinar e aprender Capoeira em diferentes escolas no Estado de São Paulo e no Espírito Santo. Profa. Responsável: Paula Cristina da Costa Silva "Formação e prática pedagógica em inicio de carreira: reflexões sobre influências do capital cultural nas escolhas teórico-metodológicas que orientam os/as professores/as" Aborda as ações de docentes em início de carreira e os elementos da formação que orientam suas aulas. Profas. Responsáveis: Erineusa Maria da Silva e Lígia Ribeiro e Silva Gomes "Projeto Goiamum" Estudos sobre a diversidade cultural em Comunidades tradicionais do Estado do Espírito Santo com ênfase nas práticas corporais dos vários grupos no que se refere principalmente às Danças, os jogos e as brincadeira populares. Prof. Responsável: Antonio Carlos Moraes

Link CNPQ: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/5848908159723061

Núcleos:

O PPGEF/UFES tem uma infraestrutura que oferece suporte as suas atividades de ensino e de pesquisa. No que tange ao ensino, o Programa possui salas de aulas climatizadas, com internet a cabo e equipamentos multimídias. O CEFD/UFES tem um mini-auditório para 60 pessoas, climatizado, com internet a cabo e equipamentos multimídias, onde são realizados os exames de qualificação e defesas de teses/dissertações do Programa. No que tange a pesquisa, o PPGEF/UFES possui os seguintes laboratórios de pesquisa:
1) No Núcleo de Pesquisa em Movimento Humano (NUPEM) estão alocados três laboratórios que dão suporte as linhas Fisiologia, Bioquímica e Exercício em Modelos Experimentais e Aspectos Biomecânicos e Respostas Fisiológicas ao Movimento Corporal Humano. O referido Núcleo está situado em um prédio de dois andares, com 800m², todo climatizado. No pavimento inferior, encontra-se o setor de condicionamento físico, instalado em uma área de 400m² e organizado em três ambientes independentes: sala de treinamento resistido, com 31 máquinas/aparelhos para o exercício contra-resistência, além de equipamentos auxiliares, como caneleiras, colchonetes, halteres, medicinebol, bastões e bolas suíças; sala de ginástica, utilizada para realização de diferentes métodos ginásticos, alongamentos, aulas em circuito, dentre outras atividades. Essa sala está equipada com espelhos, colchonetes, bastões, caneleiras e halteres; Sala de treinamento aeróbico/anaeróbico, equipada com oito bicicletas ergométricas, cinco esteiras de porte profissional, frequencímetros, manômetros aneróides e digitais, estetoscópios e cronômetros. Todos os ambientes são climatizados e possuem aparelho de som. Foram investidos R$ 1.250.000,00 na construção do prédio do NUPEM e, inicialmente, R$ 550.000,00 na compra de materiais para os laboratórios, com recursos da UFES e de Editais específicos. No NUPEM, estão instalados os seguintes laboratórios:
1.1) Laboratório de Fisiologia do Exercício (LAFEX): possui uma área física de 90m², dividida em duas salas de professores, uma sala de apoio e três salas de avaliação (uma para teste ergométrico, uma para teste cardiopulmonar e uma para atendimento médico e avaliação física). A sala de apoio possui um conjunto de equipamentos de apoio à pesquisa (desktops com conexão à internet, notebooks, câmera fotográfica digital, impressoras e acervo bibliográfico de aprofundamento na linha de pesquisa Aspectos Biomecânicos e Respostas Fisiológicas ao Movimento Corporal Humano. As salas de avaliação possuem 2 sistemas completos de teste ergométrico (Software ErgoPC e software ErgoPC Elite); analisador de gases portátil Metamáx 3B (incluindo acessórios, kit de calibração, três computadores, cilindro de gás medicinal, rack de apoio do equipamento); 2 esteiras ergométricas Imbramed super ATL; 3 macas; software Physical Test para avaliação antropométrica, de aptidão física e postural; um notebook para avaliação de VO² em campo; 5 frequencímetros marca Polar; 1 balança digital, 1 manômetro de coluna de mercúrio; 5 pedômetros; 1 Sistema para análise de gases, que compreende um eletrocardiógrafo, um software ErgoPc elite, um analisador de gases (Córtex Metalizer), 1 software para análise e comando (Metasoft), uma esteira ergométrica (Super ATL); 1 Sistema para portátil para análise de gases - compreende um eletrocardiógrafo, um software ErgoPc elite, um analisador de gases portátil (Córtex Metamáx 3B), 1 software para análise e comando (Metasoft), uma esteira ergométrica (Super ATL); 1 Equipamento para mensuração da pressão arterial de maneira contínua por pletismografia – FINOMETER; 1 equipamento para análise de lactato sanguíneo - lactímetro modelo 2300 YSI.
1.2) Laboratório de Fisiologia e Bioquímica Experimental (LAFIBE): possui uma área de 70m², com seis bancadas utilizadas para as técnicas de cardiomiócito isolado e biologia molecular (Western blot), bem como para a realização de ensaios bioquímicos. Também possui sala de passagem de animais, normatizada de acordo com as regras de biosegurança e experimentação animal. Esse laboratório funciona com o suporte de um bolsista de apoio técnico da FAPES. Para o desenvolvimento de suas atividades de pesquisa, o LAFIBE possui os seguintes materiais permanentes: 6 aparelhos de pressão adulto; 3 adipômetros; 1 aparelho de Banho Maria; 1 aparelho de Banho Circulante; 3 pedômetros digitais; 2 balanças de precisão; 1 balança de pesagem; 1 microscópio com sistema de microfotografia; 1 chuveiro lava-olhos com acionamento haste manual; 1 centrífuga refrigerada; 1 purificador de água; 1 fotodocumentador: sistema de aquisição de imagens in vivo com módulo de trabalho com Raio X, quimioluminescência, fluorescência e radiosótopos; 1 leitora multicanal para microplaca de 96 posições; 1 lavadora de microplacas; 1 capela para exaustão de gases; 1 equipamento automático randômico para bioquímica BS 200E, com 40 posições para amostra em compartimento refrigerado; 1 sistema de análise de cardiomiócito isolado, modelo HMSYS: Myocyte Calcium e Contractility Recording System com microcomputador acoplado; 1 Microscópio Motic AE; 1 Mini-PROTEAN Tetra Cell, PowerPac HC Power Supply (Fonte para eletroforese) e Mini Trans-Blot Eletrophoretic Transfer Cell (Sistema de Transferência em eletroforese); 1 Homogenizador de alta performance T 18 BASIC ULTRA TURRAX; 1 máquina de gelo em flocos com cuba integrada, fabricação de 136 a 180 Kg de gelo/dia, capacidade de armazenamento até 36 Kg, com gabinete de armazenagem; 1 freezer vertical de ultra-baixa temperatura -40ºC a -86ºC, capacidade de 374 litros, controle de temperatura; 1 freezer horizontal; 1 geladeira duplex; 1 geladeira de porta de vidro; 1 esteira de treinamento de animais; 1 Phmetro de bancada; 1 agitador magnético com aquecimento; 1 agitador Rocker; 1 agitador Vórtex; 1 balança analítica digital; 1 balança de precisão; 1 estufa de esterilização; 1 estufa de secagem; 1 estufa grande de secagem de caixas; 1 medidor de pressão invasivo de 4 canais; 1 espectrofotômetro UV 200; 1 autoclave vertical; 1 deionizador de água; 1 temporizador; 6 estantes ventiladas animal; 2 esteira para ratos; 1 guilhotina para decapitação de ratos e camundongos; 4 micropipetas automáticas; 2 glicosímetros e um conjunto de computadores constantemente atualizado de acordo com as necessidades do Laboratório.
1.3) Laboratório de Força e Condicionamento Físico (LAFEC): instalado em uma área de 85m², possui 6 filmadoras digitais JVC EVERIO GZ-HD500; 4 tripés Fancier WF- FT-6102; 2 torquímetros GEDORE; 1 câmera digital GE A1250; 6 Iluminadores Grid Car; 1 paquímetro Zaas Precision Amatools; 1 bastão topográfico; 1 aparelho de EMG Biopac; 1 estufa de secagem microprocessada marca Quimis, modelo Q317M72; 1 balança da marca Bel modelo MBL5000 Balança Portátil (0,5 - 1g); 1 dinamômetro isocinético; 1 plataforma de força; 1 cicloergômetro para Wingate; 1 tapete de contato; 1 célula fotoelétrica; e um conjunto de computadores constantemente atualizado de acordo com as demandas do Laboratório.
Para atender as demandas de pesquisa e de ensino das linhas Educação Física, Sociedade e Saúde; Estudos Olímpicos; Educação Física, Corpo e Movimento Humano; Educação Física, Cotidiano, Currículo e Formação Docente; e Estudos Históricos e Socioculturais da Educação Física, Esporte e Lazer, o Programa possui os seguintes laboratórios:
2) Instituto de Pesquisa em Educação e Educação Física (PROTEORIA): instalado em uma área de 120m², com três salas climatizadas interligadas.Possui 18 computadores de mesa (16 estão ligados à dois monitores LCD de 17 polegadas cada), conectados por fibra ótica a rede mundial de computadores, 2 impressoras a laser, 2 impressoras cartucho de tinta, 7 máquinas fotográficas, 3 câmeras filmadoras, 2 tripés, 6 notebooks, 6 netbooks, 4 HDs externos (de 1Tb cada), 1 data show, 1 scanner de mão. Possui uma biblioteca com um acervo que compreende a coleção de 11 periódicos da Educação e 29 periódicos da Educação Física publicados no Brasil no início da século XX até a atualidade. Encontra-se nesse acervo, a coleção completa de periódicos, incluindo obras raras, publicados a partir da década de 1930: Revista de Educação Física (1932-2008); Revista de Educação Physica (1932-1945); Boletim de Educação Física (1941-1958); Arquivos da Escola Nacional de Educação Física e Desportos (1945-1966); Revista brasileira de Educação Física e Desportos (1968-1984); Esporte e Educação (1969-1977); Artus (1970-1999); Revista Brasileira de Ciências do Esporte (1979-2012); Corpo e Movimento (1983-1985); Revista Kinesis (1984-2000); Revista Paulista de Educação Física (1986-2002); Revista da Fundação de Esporte e Turismo (1988-1991); Motrivivência (1988-2006); Revista de Educação Física/UEM (1989-2006); Educativa (1991-1992); Discorpo (1993-1999); Revista Mineira de Educação Física (1993-2001); Motus Corporis (1993-2003); Pesquisa de Campo (1994-1997); Movimento (1994-2014); Motriz (1995-2002); Corporis (1996-1998); Corpoeconsciência (1997-2000); Perfil (1997-2000); Pensar a Prática (1998-2008); Licere (1998-2005); Conexões (1998-2001) Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde (1997-2001); Revista Brasileira de Ciência e Moviemento (2001-2005). Além disso, o acervo possui 7 coleções de periódicos não completas: Coleção Pesquisa em Educação Física; Contra Relógio; Boletim FIEP; Sprint; Fitness e Performance; Revista Brasileira de Educação Física e Desportiva, Revista Boletim Técnico e Informativo e Comunidade Esportiva. O grupo PROTEORIA também possui cerca de 5.100 exemplares em livros da área da Educação Física e da Educação, contando com 80 obras raras da virada do século XIX e início do século XX, de autores como Rui Barbosa, Lourenço Filho, Fernando de Azevedo, Inezil Pena Marinho, Hollanda Loyola, John Dewey, Rousseau, Claparède, Montessori, além de documentos do Ministério da Educação e da Divisão de Educação Física, como manuais, regulamentos, regras e súmulas e cursos de formação por correspondência.
3) Centro de Estudos em Sociologia das Práticas Corporais e Estudos Olímpicos (CESPECEO): o Centro é composto por três grupos de pesquisa registrados no CNPq: Núcleo de Pesquisa Andaluz; Arete (Centro de Estudos Olímpicos); e Insième (Grupo de Estudos Sociológicos, Políticos e Culturais das Práticas Corporais.). Instalado em uma área de 40m², toda climatizada, o CESPECEO possui recepção, uma sala de reunião e uma sala de estudo e pesquisa com computadores de mesa ligados por fibra ótica a rede mundial de computadores, computadores portáteis para pesquisas de campo, impressora laser, além de um acervo próprio de livros e documentos para as pesquisas em desenvolvimento, além de copa própria, o que permite que os alunos fiquem dedicados as atividades acadêmicas por mais tempo e em melhores condições.
4) Laboratório de Estudos em Educação Física (LESEF) está instalado numa sala de 40m², climatizada, com 8 computadores de mesa, sendo dois desses conectados a dois monitores cada, totalizando 10 monitores no laboratório. Os computadores estão ligados por fibra ótica à rede mundial de computadores.Também dispõe de 10 notebooks, 3 netbooks, 3 impressoras multifuncionais jato de tinta, 4 HDs externos, 2 câmeras digitais, 3 gravadores de som, 1 tela de projeção, 1 projetor de imagens, além de um acervo próprio com livros de referência, teses, dissertações e outros documentos da área da Educação Física escolar que podem ser visualizados através do sistema de bibliotecas virtuais“Livrista”, disponível no endereço eletrônico: http://www.livrista.com.br/lesef.
5) Centro de Pesquisa de Formação Inicial e Continuada em Educação Física (PRÁXIS): instalado em uma sala de 30m², climatizada, possui 8 computadores de mesa ligados por fibra ótica a rede mundial de computadores, 1 impressora jato de tinta, 1 impressora multifuncional, 1 copiadora, além de um acervo próprio de livros e documentos para as pesquisas em desenvolvimento.
6) Laboratório de Educação Física Adaptada (LAEFA): instalado em uma área de 100m², com duas salas climatizadas interligadas.Possui 7 computadores de mesa, conectados por fibra ótica a rede mundial de computadores, 1 impressora a laser, 1 impressora jato de tinta multifuncional, 1 máquina fotográfica, além de um acervo próprio de livros e documentos para as pesquisas em desenvolvimento. Conta também com copa própria, o que permite aos alunos vinculados a este laboratório, se dedicarem as atividades acadêmicas por mais tempo e em melhores condições. Possui, ainda, uma brinquedoteca organizada por cantinhos temáticos (casinha, fantasia, escolinha, carrinhos etc), em uma sala de 200m2, para o desenvolvimento de atividades relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910