Ciência e Método

Código: PGEF-01
Curso: Mestrado em Educação Física
Créditos: 4
Carga horária: 60
Ementa: A ciência e os códigos éticos: o que é normalidade? O método científico: a observação, adoção e rejeição de modelos, a ciência como disciplina intelectual, a comunidade científica. Perspectivas sócio-históricas sobre a ciência moderna. Ciência e ideologia. Ciências fundamentais e ciências aplicadas. Ciência, poder político e ético. Ciência, verdade e idealismo. Como articular ciência e ética? Ciência e método na educação física brasileira.
Bibliografia: ALVES, R. Filosofia da ciência. São Paulo: Loyola, 1999.
AS loucuras do Rei George. Direção: Nicholas Hytner. Inglaterra: The Samuel Goldwyn Company, 1994. (107 min). Título original: The Madness of King George.
ATKINSON, M. O empírico contra-ataca: fazendo etnografia realista. In: GOMES, I.M.; FRAGA, A.B.; CARVALHO, Y.M. (org). Práticas corporais no campo da saúde: uma política em formação. Porto Alegre: Rede Unida, 2015.
BAUMAN, Z. Em busca da política. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.
______. Modernidade e ambivalência. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.
BOURDIEU, P. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Ed. Unesp, 2004.
BRACHT, V.; CRISÓRIO, R. (org). A Educação Física no Brasil e na Argentina: identidade, desafios e perspectivas. Campinas/SP: Autores Associados, 2003.
CHALMERS, A. O que é Ciência afinal?. São Paulo: Brasiliense, 1993.
CHRÉTIEN, C. A ciência em ação: mitos e limites. Campinas: Papirus 1994.
LAVILLE, C.; DIONNE, J. A construção do saber: manual de metodologia de pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artes Médicas; Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999.
GOULD, S. J. A falsa medida do homem. São Paulo: Martins Fontes, 1999.
GIDDENS, A. As consequências da modernidade. São Paulo: Unesp, 1991.
______. A vida em uma sociedade pós-tradicional. In: GIDDENS, A.; BECK, U.; LASH, S. Modernização reflexiva: política, tradição e estética na ordem social moderna. São Paulo: Unesp, 1997. p. 73-133.
______. Política, sociologia e teoria social: encontros com o pensamento social clássico e contemporâneo. São Paulo: Unesp, 1998.
HUXLEY, A. Admirável mundo novo. 22ª ed. São Paulo: Globo, 2014.
LAZAROTTI FILHO et AL. Modus Operandi da Produção Científica da Educação Física. Rev EF UEM, v.23, n. 1, p. 1-14.
LEVY-LEBLOND, J-M. A velocidade da sombra. Nos limites da ciência. Rio de Janeiro: Difel, 2009.
MANOEL, E. J.; CARVALHO, Y. M. Pós-Graduação na educação física brasileira: a atração (fatal) para a biodinâmica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, p. 389-406, 2011.
REZER, R. (org). Ética e ciência na educação superior. Chapecó/SC: Argos, 2013.
RUSSO, M.; CAPONI, S. (org). Estudos de filosofia e história das ciências biomédicas. São Paulo: Discurso editorial, 2006.
SFEZ, L. A saúde perfeita: crítica de uma nova utopia. São Paulo: Edições Loyola; Unimarco editora, 1996.
SHELLEY, M. Frankenstein. Porto Alegre: L&PM, 2015.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910